Desporto

Domingues e Mexer lamentam paragem do futebol devido a pandemia da COVID-19

0views

Domingues e Mexer lamentam paragem do futebol devido a pandemia da COVID-19Os capitães dos Mambas, Domingues e Mexer, dizem que a paragem do futebol derivado da pandemia do coronavírus foi um duro golpe nas suas carreiras, mas asseguram que não vai prejudicar a sua forma física.

A pandemia do novo coronavírus paralizou a disputa dos principais campeonatos nacionais de futebol em quase todos países, isto há sensivelmente um mês e meio, e na França e na África do sul não houve excepção.

Uma paragem que obrigou Domingues, jogador do Bidvest Wits da África do Sul e capitão dos Mambas, a interromper a época, que ainda não tem data para retomar, e Mexer, jogador do Bordéus da França e também um dos capitães dos Mambas, a terminar mais cedo a sua época. Os dois jogadores assumem que foi um momento triste e negativo para o futebol e para os respectivos campeonatos, já que “tudo ficou parado, nenhuma equipa está a praticar o futebol e isso prejudicou a todos”, tal como disse Domingues. 

Já Mexer diz mesmo que não foi fácil terminar o campeonato do jeito como terminou, ainda mais sem saber como ficou a situação do seu clube, em função da classificação que foi feita pela federação francesa de futebol, para acomodar equipas que vão disputar as competições europeias e as que vão descer de divisão. “Nunca fiquei tanto tempo sem competir e tem sido difícil para mim, mas é preciso manter o profissionalismo”, assegura Mexer.

Os dois jogadores assumem que está paragem não vai prejudicar a sua forma física, por estarem a realizar treinos caseiros com orientações das respectivas equipas técnicas e isso ajuda a manter a forma física.

Relativamente à selecção nacional, com a remarcação da dupla jornada diante dos Camarões para Setembro, de qualificação ao CAN 2021, pela CAF, e os capitães da equipa de todos nós dizem aguardar com ansiedade a partida. “Penso que todo mundo apreciou o ritmo da selecção, os resultados que tínhamos e a não disputa dos jogos em Março pode ter desestabilizado um pouco a confiança, mas vamos dar continuidade ao que fazíamos de bom”, disse Mexer, tendo Domingues acrescentado que “os objectivos não mudam, são sempre os mesmos, de jogo-pós-jogo tentar ganhar e qualificar a selecção ao CAN”.

Domingues e Mexer encontram-se no país desde a paragem dos respectivos campeonatos, há sensivelmente 45 dias e esta segunda-feira acompanharam o Secretário de Estado do Desporto, Gilberto Mendes, na visita que efectuou ao Matola Stadium, infraestrutura da Associação Black Bulls.

Fonte